Idosos ganham mais postos para retirada do Bilhete Único

11 terminais separam guichês para realizar a entrega do cartão a passageiros com idades entre 60 e 64 anos, que perderam a gratuidade neste mês

Por Metro

Entrou em vigor no último dia 1º a medida adotada pelo governador João Doria e pelo prefeito Bruno Covas (ambos do PSDB) que suspende a gratuidade de ônibus municipais e intermunicipais, metrô e CPTM para idosos entre 60 e 64 anos. Desta forma, as pessoas que não possuíam ou que já tinham o Bilhete Único do Idoso – cancelado desde esta mudança –, precisam solicitar um novo cartão. A partir desta segunda-feira (15), há mais nove pontos disponíveis para realizar o procedimento.

No total, são 11 postos localizados em terminais municipais para retirar o Bilhete Único Comum: Pinheiros, Bandeira, Santo Amaro, Capelinha, Princesa Isabel, São Miguel, A. E. Carvalho, Água Espraiada e Vila Nova Cachoeirinha, além de Lapa e Parque Dom Pedro 2º, que já estavam em funcionamento.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Para conseguir o Bilhete Único convencional, é preciso antes de tudo fazer a solicitação pelo endereço eletrônico da SPTrans (sptrans.com.br/cadastro) – esta etapa não é realizada de forma presencial. Em seguida, o idoso pode retirar o novo documento em um dos terminais listados, após agendamento de data e horário no próprio site, ou optar pelo recebimento do cartão em casa, num prazo de entrega de até 10 dias e sem custos.

A terceira opção é retirar o bilhete em qualquer um destes terminais, sem agendamento. Das 9h às 11h, esse grupo tem prioridade de atendimento em todos os guichês, mas ainda há a possibilidade de precisar enfrentar filas.

Na ocasião do anúncio, o governo e a Prefeitura de São Paulo afirmaram em nota conjunta: “A mudança acompanha a revisão gradual das políticas voltadas a esta população, a exemplo da ampliação da aposentadoria compulsória no serviço público, que passou de 70 para 75 anos, a instituição no Estatuto do Idoso de uma categoria especial acima de 80 anos e a Reforma Previdenciária, que amplia o tempo de contribuição com idade mínima de 65 anos para aposentadoria para homens e 62 anos para mulheres.”

A passagem nos ônibus municipais e nos trens e metrô custa R$ 4,40. Nas linhas intermunicipais da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), o valor muda de acordo com o itinerário. A gratuidade continua para quem tem 65 anos ou mais, como determina o Estatuto do Idoso.

Loading...
Revisa el siguiente artículo