Cientistas alertam para 3ª onda em Manaus este ano

Por Metro com BandNews FM e Estadão

A mesma equipe de pesquisadores que previu o segundo colapso na saúde em Manaus por causa da covid-19 em artigo publicado em agosto do ano passado na revista cientifica Nature, alerta agora para uma terceira onda do coronavírus na capital do Amazonas ainda em 2021.

De acordo com os cientistas, o estado também corre o risco de espalhar a crise sanitária para todo o território nacional, caso autoridades não imponham lockdown com pelo menos 90% da população isolada e vacinação em massa mais acelerada do que no restante do Brasil.

“Sem o isolamento social adequado, Manaus deve enfrentar uma terceira onda ainda em 2021. É necessária uma fiscalização forte da polícia para garantir o fechamento na cidade. Além disso, é impensável a volta às aulas presenciais para qualquer local do Brasil neste momento, justamente para impedirmos o espalhamento da variante que surgiu no Amazonas”, destaca o biólogo do INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) Lucas Ferrante. O grupo, que deve publicar um novo artigo nas próximas semanas com as projeções para 2021, é formado por profissionais de diversas áreas, como medicina, biologia e matemática.

De acordo com o cientista, a taxa de transmissão e mortalidade por covid-19 deve se manter a mesma durante todo o ano se não forem aplicadas medidas drásticas de isolamento, facilitando o surgimento de cepas. “Isso deverá propiciar novas mutações, o que pode culminar em uma nova variante resistente às vacinas já produzidas”, afirmou.

Manaus enfrenta uma devastadora segunda onda de covid-19 desde a metade janeiro. A rede de saúde entrou em colapso quando começou a faltar oxigênio em unidades de saúde do município. Pacientes precisaram ser transferidos para outros estados.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo