São Paulo terá comitê de gerenciamento para volta às aulas presenciais

Por Metro World News

Uma portaria conjunta das secretarias municipais de Educação e de Saúde de São Paulo, publicada no Diário Oficial do Município, cria o Comitê de Gerenciamento do Retorno às Aulas na rede pública. O objetivo é atender os receios da população em decorrência da pandemia da Covid-19.

Segundo a Prefeitura, o grupo será composto por três representantes indicados pela Secretaria Municipal de Educação e quatro da Pasta da Saúde.

Leia também: 

O comitê irá monitorar o processo de retorno às aulas presenciais e oferecer subsídios para a tomada de decisões nas diferentes fases desse processo. Além disso, também deve identificar cenários gerais de transmissão da Covid-19 nas regiões da cidade onde estão instaladas as unidades educacionais.

Cabe aos profissionais ainda fiscalizar a implantação dos protocolos sanitários nas unidades de Educação e acompanhar os estudos e decisões da comunidade científica e acadêmica referentes ao avanço da Covid-19.

A volta às aulas presenciais nas unidades municipais será facultativa e está prevista para o dia 15 de fevereiro, com presença máxima de 35% dos estudantes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo