Jornalista é baleado no rosto após reclamar de atendimento em pet shop de São Bernardo (SP)

Por Metro World News

O jornalista Daniel Lima, 70 anos, foi baleado no rosto dentro de um pet shop em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, após reclamar do atendimento na última segunda-feira (dia 1º).

Lima deixou seus dois cachorros para tomar banho pela manhã. Cerca de três horas depois, ele voltou ao estabelecimento para retirar os animais, porém os mesmos ainda não estavam prontos. O jornalista resolveu reclamar com a recepcionista pela demora e por não ter conseguido contato telefônico, o que obrigou a ir ao local em busca de informações.

O dono do pet shop e também GCM (guarda civil municipal) de Indaiatuba Ageu Rosas Galera, 35 anos, apareceu com os cães, disse que Lima não precisava pagar e pediu que cliente não retornasse mais. Teve início então uma discussão, mas a mulher do GCM – também proprietária do pet shop – conseguiu apartar a briga.

O comerciante subiu até o segundo andar, mas retornou quando ouviu o jornalista chamá-lo de “aquele rapaz”. Uma nova discussão começou e mais uma vez a esposa consegui afastá-los, porém o dono do comércio subiu mais uma vez ao piso superior, retornou com uma arma e atirou contra o rosto de Daniel.

O jornalista foi levado a um hospital da região, onde passou por cirurgia. Segundo familiares, seu estado de saúde é estável.  Já o dono do pet shop retirou o disco de gravação das câmeras do local e fugiu.

Loading...
Revisa el siguiente artículo