Garoto de 11 anos era mantido acorrentado em barril de tinta

Por Metro World News

Uma denúncia anônima levou a polícia no último sábado a libertar um menino de 11 anos que estava acorrentado dentro de um tambor de tinta exposto ao sol, em Campinas.

De acordo com os policiais, o menino ficava preso por longos períodos, sem água ou comida e quando foi encontrado estava desidratado e desnutrido. Quando foi encontrado, ele pesava apenas 25 kg.

LEIA TAMBÉM:

A mãe do garoto o havia abandonado e ele vivia com o pai, a madrasta e a irmã mais velha do garoto. Os pais, segundo a denúncia, são usuários de droga e prendiam o garoto com frequência quando saíam para beber em bares da cidade.

O garoto disse aos policiais que quando tinha fome comia as próprias fezes e pediu para ser adotado, porque não aguentava mais ficar preso ali.

Os pais e a irmã foram presos em flagrante por maus tratos e cárcere privado.

Loading...
Revisa el siguiente artículo