logo
/ Andre Coelho/Getty Images
Foco 25/11/2020

Mutações da covid-19 não estão alterando velocidade de transmissão, dizem cientistas

Estudo feito a partir de dados globais de genomas de 46,7 mil pessoas em 99 países identificou mais de 12,7 mil mutações do covid-19, mas em nenhuma mutação documentada alterou a velocidade de proliferação do vírus, segundo os cientistas.

“Felizmente, descobrimos que nenhuma dessas mutações está fazendo a Covid-19 se espalhar mais rapidamente”, disse Lucy van Dorp, professora do Instituto de Genética da University College, de Londres, e uma das responsáveis pelo estudo.

A cientista alertou, entretanto, que é necessário continuar monitorando as mutações, pois embora a maioria delas tenha um efeito neutro, algumas podem ser vantajosas ou prejudiciais ao vírus e podem modificar a reação do vírus à vacina.

Se não houver alteração significante no vírus SARS-CoV-2, as primeiras vacinas podem obter aprovação para distribuição antes do final do ano.