Procon-SP notifica Facebook sobre vendas no Instagram

Por Metro World News

O Procon-SP notificou nesta sexta-feira o Facebook para que preste esclarecimentos sobre reclamações que tem recebido de usuários que compram produtos pelo Instagram.

De acordo com o Procon, muitas contas na rede social vendem produtos e serviços, mas não têm CNPJ ou qualquer informação que permita ao usuário descobrir a procedência do produto.

Essas contas vendem produtos, não entregam e as contas simplesmente desaparecem da rede social. Ao ser acionado, o Instagram mesmo alega não possuir dados para identificar o fornecedor.

Somente o produto Pelewow, que é vendido na plataforma, há mais de 150 queixas no Procon de pessoas que compraram o produto, não receberam e não conseguem mais contatar o vendedor.

LEIA TAMBÉM:

O Procon-SP quer que o Facebook explique se o Instagram pode ser usado como plataforma de venda e como o consumidor pode ter acesso aos dados desse perfil, como razão social, endereço e outras formas de contato.

O Facebook tem prazo de 72 horas para prestar os esclarecimentos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo