120 mil doses da CoronaVac desembarcam em São Paulo

Pandemia. Vacina que está na fase três dos estudos clínicos precisa de registro na Anvisa para ser utilizada no país

Por Diego Brito - Especial para o Publimetro

Pilar da “guerra das vacinas” entre o  presidente Jair Bolsonaro e governadores, a CoronaVac está em solo brasileiro. Contêineres com 120 mil doses do imunizante contra a covid-19 enviados da China chegaram ontem ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

A vacina é desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, responsável por fabricar o imunizante no Brasil. O governo de São Paulo espera receber 6 milhões de doses até o final do ano e produzir outras 40 milhões até janeiro a partir de matéria-prima que também deve ser importada do país asiático.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Sebrae - Movimento Lab

A CoronaVac só poderá ser aplicada na população após a finalização da fase três de estudos clínicos – realizada em milhares de pessoas – e obtenção do registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A agência definiu novas regras esta semana para acelerar a liberação de imunizantes que apresentarem qualidade, eficácia e segurança de acordo com padrões internacionais. Também nesta semana, foram divulgados os resultados dos testes das fases 1 e 2 da CoronaVac na China. Eles mostram que a vacina é segura e induz resposta imune.

Disputa política

O primeiro imunizante a entrar no território brasileiro, a CoronaVac foi o motivo da disputa política fomentada por Bolsonaro contra governadores, com foco em João Doria.

No final de outubro, o presidente desautorizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, após a pasta ter firmado acordo com o governo de São Paulo para adquirir 50 milhões de doses. Neste mês, Bolsonaro chegou a festejar a suspensão dos testes da CoronaVac após morte de um voluntário. Os estudos foram retomados com a confirmação de que  o óbito não tinha qualquer relação com a vacina.

Loading...
Revisa el siguiente artículo