logo
/ Reprodução
Foco 10/11/2020

Polícia Federal e Receita desarticulam esquema de importação irregular de cabelos da Índia

A Polícia Federal e a Receita iniciaram nesta terça-feira (10) a Operação Ballon para desarticular uma quadrilha especializada na importação irregular de cabelos da Índia para revenda em território nacional.

Inicialmente, a Receita identificou que as empresas faziam a importação subfaturada de cabelos humanos da Índia para revenda.

Após a apreensão das mercadorias e multas aplicadas, as empresas envolvidas mudaram o esquema para burlar a fiscalização e passaram a importar os cabelos pelo Paraguai e contrabandear o produto para o Brasil via Foz do Iguaçu, no Paraná.

A Receita Federal está cumprindo 7 mandados de busca e apreensão nessas empresas nos estados de São Paulo e Paraná.

Os acusados responderão por crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e operação irregular de instituição financeira.

O nome da operação (Baalon) é uma das traduções da palavra ‘cabelo’ para o idioma Híndi.