logo
/ Crédito: Reprodução / Extra / Crédito:  Reprodução / Extra
Foco 09/11/2020

Homem morre em baile funk corredor: “as pessoas pagam entre R$ 40 e R$ 50 para brigarem”

Um homem foi morto e duas pessoas ficaram feridas em baile funk corredor no Rio de Janeiro

Um baile funk corredor, no qual grupos se dividem para brigarem, deixou um homem morto e duas pessoas feridas no Jardim Redentor, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Segundo informações do jornal Extra, a vítima é Eduardo Octavio, também conhecido como Dudu da Guarda e Rato.

Um amigo próximo da vítima revelou ao Extra que ele costumava frequentar o baile é que organizado com o aval dos traficantes.

“O Dudu foi para esse baile para curtir, mas é uma coisa fora da lei mesmo. As pessoas pagam entre R$ 40 e R$ 50 para brigarem. É um ambiente em que ninguém é de ninguém e essa rivalidade acontece desde a década de 1990. Os caras se dividem entre o lado A e B para brigarem. Infelizmente o pior aconteceu com o Octávio”.

Testemunhas afirmaram que a briga  ocorreu no baile e se espalhou pela rua. Imagens compartilhadas pelo WhatsApp mostram uma quadra repleta de pessoas e homens em grupos brigando. O caso agora está sendo investigo pela polícia.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), “foi instaurado um inquérito para apurar as circunstâncias em que uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas. Diligências estão sendo realizadas para esclarecer o caso”.

LEIA TAMBÉM