logo
/ Divulgação/UFPR / Divulgação/UFPR
Foco 27/10/2020

6 milhões de doses da CoronaVac devem chegar em uma semana

As primeiras seis milhões de doses da vacina Coronavac chegam da China em até uma semana, informou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Ele também conta com a liberação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para receber insumos para produzir outras 40 milhões de doses do imunizante, em fase de testes contra o novo coronavírus.

Em coletiva de imprensa, Doria voltou a comentar a postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a respeito da vacinação contra a covid-19 no país. Ele disse que são os governadores que estão salvando vidas na pandemia do novo coronavírus e que gostaria que o presidente tivesse “outro comportamento”.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Por outro lado…

Bolsonaro condicionou a compra de uma vacina contra a covid-19 pelo Brasil à comprovação científica e sem “correria”. Ao conversar com apoiadores ontem, o presidente afirmou que o Poder Judiciário não pode obrigar a população a se vacinar, em um recado ao STF (Supremo Tribunal Federal).

A Corte vai discutir a vacinação após partidos políticos acionarem o Supremo para julgar as controvérsias em torno do tema. “Eu entendo que isso não é uma questão de Justiça, isso é questão de saúde acima de tudo. Não pode um juiz decidir se você vai ou não tomar a vacina, isso não existe”, afirmou Bolsonaro.