logo
/ Kaboompics/Pexels / Kaboompics/Pexels
Foco 21/10/2020

Vai comprar na Black Friday? Então pesquise preços agora

Corra do falso desconto. Variação entre eletrodomésticos já alcança 62% no comércio virtual

A Black Friday é só no dia 27 do próximo mês. Mas se você adora uma promoção e não tem a intenção de embarcar em uma “Black Fraude” neste ano, o momento de pesquisar preços é agora.

A dica de ouro é do Procon-SP, que alerta para práticas de vendedores em aumentar valores semanas antes e oferecer descontos na data que deixam o preço igual ou até superior ao praticado.

“O consumidor pode, inclusive, fazer um print da tela com o preço ofertado pelo estabelecimento. Deste modo, ele terá como acompanhar a evolução e comprovar os valores para eventual questionamento”, orienta o órgão de defesa do consumidor.

Outra vantagem indicada pelo Procon-SP em pesquisar os alvos para a Black Friday é não comprar por impulso e controlar melhor os gastos.

O órgão realizou seu próprio levantamento de preço para eletrodomésticos entre os dias 21 e 22 de setembro. Foram analisados 48 itens em seis dos principais sites de varejo. A diferença para um mesmo produto alcançou até 62%. Foi o caso do aspirador de pó da Electrolux, encontrado por R$ 340,89 e R$ 210,90, variação de R$129,99 em valor absoluto. Veja outros preços no quadro abaixo.

A Black Friday é uma ação “importada” dos Estados Unidos, que tradicionalmente realiza o dia de promoções logo após o Dia de Ação de Graças, quando muitos norte-americanos iniciam suas compras natalinas. No Brasil, a data já é uma das mais aguardadas pelo comércio. Para este ano, a promessa é de descontos de até 70%.

Black Friday dicas

Por conta da pandemia de covid-19, o varejo aguarda aumento nas vendas online. Levantamento realizado pelo Google indica que a data neste ano deve ser histórica em faturamento. Buscas por ofertas  cresceram 38% entre abril e julho em relação ao mesmo período de 2019.

Para a diretora de negócios para o Varejo do Google Brasil, Gleidys Salvanha, o brasileiro chega mais informado para a data. “Uma nova relação com o digital, somada às mudanças de comportamento e o cenário atual, fizeram o consumidor mais consciente de suas prioridades e mais planejado. Para ele, a Black Friday de 2020 será menos sobre comprar somente o que está com um super-desconto e mais sobre fazer bons negócios.”