Estudo aponta que milícia controla 57% do Rio

Por Metro World News com Rádio Bandeirantes

Um levantamento inédito feito por setores da USP (Universidade de São Paulo) e da UFF (Universidade Federal Fluminense) aponta que em 2019 a milícia já controlava 57,5% do território do Rio de Janeiro (RJ), o que corresponde a 41 dos 161 bairros da cidade.

Desenvolvidos nos anos 2000, os grupos paramilitares já ultrapassam em controle territorial facções criminosas, como o Comando Vermelho, que é a maior do estado e foi estabelecida a partir da década de 1980.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - outubro 2020

Historicamente, as facções atuam com domínio territorial e do comércio de drogas, enquanto a milícia lucra com exploração irregular dos serviços de fornecimento de água, energia elétrica, gás, internet, segurança e até mesmo transporte e comércio imobiliário.

De acordo com a coordenadora do estudo, Maria Isabel Couto, “não existe mais tanta diferença na atuação dos dois grupos”.

O levantamento “Mapa dos Grupos Armados do Rio” foi realizado a partir de informações do Disque Denúncia, da plataforma digital Pista News e da datalab Fogo Cruzado. Para chegar ao resultado, foram analisadas cerca de 40 mil denúncias.

Loading...
Revisa el siguiente artículo