PF prende delegado da própria corporação suspeito de corrupção

Por Metro World News

A PF (Polícia Federal) e o MPF (Ministério Público Federal) deflagraram ontem a segunda fase da operação  Tergiversação, que investiga suspeitas de corrupção dentro da PF. Um dos alvos presos foi um delegado da própria corporação, que atua no Rio de Janeiro. A operação cumpriu 33 mandados de busca e apreensão.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Sebrae Outubro

Segundo a PF, esta etapa da operação mirou empresários, advogados e policiais federais que montaram esquema para proteger investigados mediante pagamento de propina.

As apurações que levaram à segunda etapa tiveram como base as quebras de sigilo dos investigados, o material colhido nas buscas e apreensões da primeira fase e dois acordos de colaboração premiada.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo