UE pede mais atenção ao meio ambiente para acordo com Mercosul

Por Metro World News com Estadão Conteúdo

Por 345 votos, o Parlamento Europeu aprovou na quarta-feira (7) uma resolução que pede atualizações na agenda ambiental de países do Mercosul. A Europa, que busca ampliar negócios com a América Latina para além do México, explica que, antes de firmar acordos entre blocos, certifica-se de que todos os parceiros garantam o mesmo controle de qualidade, sustentabilidade e leis trabalhistas do padrão europeu.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Vale Outubro

Com o trecho referendado ontem por parlamentares, a análise passa a incluir que o pacto “não pode ser ratificado como está”. A rejeição, no entanto, é simbólica e o acordo ainda precisa ser analisado pelo plenário da Casa, bem como em cada um dos parlamentos nacionais dos dois blocos.

Em texto de proposta que antecipou a resolução final, aprovada ontem,  o presidente brasileiro Jair Bolsonaro foi citado a cerca de preocupações ambientais com o país.

O texto, que foi retirado, dizia que a UE tinha “extrema preocupação com a política ambiental de Jair Bolsonaro, que vai na contramão dos compromissos firmados no Acordo de Paris”.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo