logo
O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL) / Divulgação
Foco 30/09/2020

Residência oficial do governador de SC é alvo de busca de apreensão

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal cumprem mandado de busca e apreensão na Casa da Agronômica, onde mora o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), em Florianópolis.

O mandado foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça e é necessário, segundo o Ministério Público Federal, para apurar a relação de Carlos Moisés com empresários que venderam aparelhos ao estado.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

De acordo com as investigações, o contrato sob suspeita é da compra de 200 respiradores por R$ 33 milhões pagos antecipadamente pelo governo em março. Os aparelhos não foram entregues.

A Procuradoria Geral da República informou que a operação cumpre mais mandados em Santa Catarina também em propriedades de dois ex-integrantes do governo, que não tiveram os nomes informados.