Ferramenta ajuda na verificação de links no WhatsApp

Por Metro World News

O WhatsApp anunciou novas ferramentas para ajudar os usuários a checar links com possíveis informações falsas. O aplicativo passa a adicionar uma etiqueta especial de encaminhamento às mensagens enviadas com frequência nas conversas. Essa etiqueta de setas duplas também indica aos usuários quando uma mensagem recebida não foi originalmente criada por quem a enviou. O WhatsApp já havia limitado, no início do ano, o encaminhamento deste tipo de mensagem a uma conversa por vez.

A partir desta semana, será possível verificar na internet os conteúdos indicados com as setas duplas. Para isso, será preciso tocar ou clicar no botão de lupa que será exibido ao lado da mensagem. “Ao fornecer uma maneira simples de pesquisar na internet sobre o conteúdo desse tipo de mensagem, podemos ajudar nossos usuários a encontrar notícias ou outras fontes de informação sobre o conteúdo recebido”, informou o aplicativo em seu blog oficial.

Esse recurso permite que os usuários carreguem a mensagem diretamente pelo navegador do celular ou do computador sem que o WhatsApp tenha acesso ao conteúdo da mensagem.

O recurso de pesquisa está disponível para os usuários no Brasil, Espanha, Estados Unidos, Irlanda, Itália, México e Reino Unido que usam a versão mais recente do WhatsApp para Android e iOS, e do WhatsApp Web/Computador.

Grupo checa informações sobre covid-19

Outra iniciativa no WhatsApp para checagem é a parceria com o grupo internacional IFCN (International Fact-checking Network), que criou chat especial no aplicativo voltado ao coronavírus. A ferramenta estava disponível em 70 países e chega agora a sua versão em português.

Pelo chatbot da IFCN, usuários podem verificar se informações específicas que receberam sobre a pandemia já foram classificadas como “falsas”, “parcialmente falsas”, “enganosas” ou “sem evidência” por verificadores profissionais. Também é possível consultar as últimas checagens feitas e fazer buscas usando palavras-chave. Desde janeiro, quase 100 organizações que se dedicam ao fact-checking em todo o mundo já identificaram mais de 8 mil boatos relacionados à covid-19.

Para iniciar o diálogo no aplicativo com os checadores, é preciso salvar o número +1 (727) 291 2606 na agenda de contatos do telefone e enviar a palavra “oi” ou “olá” para iniciar a conversa em português. Outra opção é recorrer diretamente ao link poy.nu/ifcnchatbotPT.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo