logo
Live do grupo Aglomerou foi interrompida por tiros / Reprodução
Foco 27/07/2020

Live de grupo de pagode é interrompida por operação policial com tiros e helicóptero

Uma live do grupo de pagode Aglomerou foi interrompida neste domingo (26), em Angra dos Reis, na costa verde do Rio de Janeiro, por uma operação policial que invadiu o espaço da gravação em um quintal que dava acesso a outra casa, alvo dos agentes.

Veja também:
Megatraficante que deixou cadeia por ser grupo de risco para covid-19 está foragido
Prefeitura de São Paulo ‘segura’ reabertura de teatros, cinemas e museus

Fortemente armados, os policiais entraram correndo pelo espaço, enquanto um helicóptero sobrevoava o local. A intervenção ocorreu durante uma das músicas do show, obrigando os artistas a deixarem os instrumentos às pressas e muito assustados para se protegerem dos tiros.

Em vídeo postado pelo grupo nas redes sociais, os artistas tranquilizaram os fãs, explicando que a operação policial nada tinha a ver com a live e que todos estavam bem. Na postagem, os músicos disseram que a operação era em uma casa ao lado, e que devido à ocorrência o evento seria suspenso “por falta de clima”, mas que seria remarcado para outro dia.