Pagamentos por estudantes ao Fies são suspensos durante pandemia de covid-19

Por Metro World News

Os pagamentos de estudantes ao Fies foram suspensos enquanto durar o estado de calamidade pública pela pandemia de covid-19. A lei que determina a suspensão foi assinada na quinta (9) pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada nesta sexta-feira (10) no DOU (Diário Oficial da União).

Veja também:
Governo publica MP que libera R$ 3 bilhões para o setor cultural
Um a cada quatro bares deve falir na cidade de SP, aponta pesquisa

O benefício é válido para alunos do ensino superior que estão em dia com as prestações do financiamento estudantil, ou com parcelas atrasadas em até 180 dias. Novas opções de regularização serão oferecidas pelo Programa Especial de Regularização do Fies. O estado de calamidade pública atual tem validade até 31 de dezembro.

As inscrições para novos contratos do Fies no segundo semestre de 2020 será entre os dias 21 e 24 deste mês. Já o resultado será divulgado no dia 28, com aplicações e chamadas da lista de espera entre 28 de julho e 31 de agosto.

Vale - Branded content - julho/2020
Loading...
Revisa el siguiente artículo