São Paulo libera escritórios e concessionárias a partir desta sexta

Por Metro World News

Os escritórios e as concessionárias de veículos serão os primeiros serviços não essenciais a serem reabertos na capital e poderão voltar a funcionar com restrições a partir desta sexta-feira (5). O anúncio foi feito ontem pelo prefeito Bruno Covas (PSDB), que não deu prazo para a retomada de outras atividades, como o comércio de rua e os shoppings centers.

Os estabelecimentos permitidos poderão ficar apenas quatro horas por dia abertos ao público. Haverá limitação para que no máximo 20% da capacidade do local seja ocupada, e o horário de abertura e fechamento não deverá coincidir com os horários de pico.

Será obrigatório intensificar as medidas de limpeza, como do ar condicionado, e  também o fornecimento de álcool em gel 70%, água, sabão e toalhas descartáveis. Além disso, o distanciamento de 1,5 m deve ser mantido. Apenas as pessoas que estiverem com os sintomas deverão fazer a testagem antes de ir ao trabalho.

O prefeito  ainda ressaltou que, mesmo com a reabertura gradual, a população não deve deixar de tomar os cuidados básicos, como usar máscara e álcool gel, e evitar aglomerações.

Loading...
Revisa el siguiente artículo