Rotina na Europa se aproxima da normalidade durante o verão

Por Metro World News

Com o afrouxamento de medidas de restrição desde o mês passado, o continente europeu tem estruturado planos para reativar a economia e voltar à normalidade na medida em que o verão se aproxima e, junto dele, os turistas.

Ontem, cafés, restaurantes e casas de espetáculos puderam reabrir suas portas por toda a França, mas desde que adotem medidas sanitárias. Exceto em Paris, onde os clientes só podem ficar em calçadas, em outras regiões, estabelecimentos franceses já podem receber clientes na parte interna e externa.

O governo francês também lançou um app StopCovid – em português, Parar a Covid –, no qual é possível acompanhar a disseminação do vírus entre seus contatos e rastrear usuários. Aplicativos semelhantes estão sendo criados na Alemanha, Reino Unido e Itália.

Mesmo em uma direção positiva, a França continua sendo o quinto país com mais mortes pela doença no mundo, e o temor de uma nova onda de contaminação continua presente.

Ontem, a Espanha registrou pelo segundo dia consecutivo nenhuma nova morte em virtude do vírus Sars-Cov-2. O país está sem caso fatais para a doença desde domingo.

Na Itália, especialistas da saúde afirmam que o vírus está perdendo potência e, consequentemente, está menos letal. Segundo Alberto Zangrillo, chefe do Hospital San Raffaele de Milão, o vírus no país não existe mais. “Na realidade, o vírus clinicamente não existe mais na Itália”, disse ele à televisão estatal RAI, de acordo com a agência de notícias Reuters. “Temos que voltar a ser um país normal”, afirmou.

Ainda de acordo com Zangrillo, as amostras coletadas em novos pacientes no últimos dez dias mostraram uma carga viral inferior às amostras colhidas há um mês.

Outro especialista, Matteo Bassetti, que lidera a clínica de doenças infecciosas no hospital San Martino, em Gênova, afirma que a doença realmente está diferente desde o momento em que começou, no início do ano.

Loading...
Revisa el siguiente artículo