Coronavírus

São Paulo tem 472 estabelecimentos fechados por descumprirem quarentena

Maior número de comércios lacrados está localizado na Zona Leste, seguido pela região central da capital

O número de estabelecimentos fechados pela prefeitura de São Paulo, pelo descumprimento das normas da quarentena, subiu para 472. As informações são da Ana Paula Rodrigues, da Rádio Bandeirantes.

Levantamento obtido pela rádio mostra que a maior parte dos comércios fechados são bares, restaurantes e lanchonetes, seguidos por salões de beleza.

LEIA MAIS:
Após denúncias, bailes funk somem das ruas de São Paulo
Previsão do tempo: temperaturas começam a subir nesta quinta-feira em São Paulo

Pela primeira vez desde o começo da fiscalização, em março, o maior número dos comércios lacrados está localizado na Zona Leste da cidade. A maior parte está na região do Aricanduva e Mooca, com 170 negócios fechados. Na sequência, a região central conta com 147 estabelecimentos interditados.

O decreto 59.298 suspende o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços. Segundo a prefeitura, os locais que descumprem o exposto no decreto estão sujeitos a interdição imediata de suas atividades e, em caso de resistência, cassação do alvará de funcionamento ou autorização temporária.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos