Polícia prende integrante de quadrilha que rouba cisnes no Ibirapuera

Por Band.com.br

Cerca de quarenta cisnes são roubados do Parque do Ibirapuera, na Zona Sul de São Paulo em uma ação que vem acontecendo desde 2019.

De acordo com a polícia civil, uma quadrilha se especializou no furto dos animais que ficam soltos no parque.

Segundo a SSP, equipes do 36º DP investigam o caso desde outubro do ano passado, quando as aves começaram a sumir.

Nessa quinta-feira, 7, ao menos um homem foi preso em flagrante enquanto transportava um cisne negro em um carro. Ele confessou o roubo dos animais. Disse ainda que vendia as aves em aplicativos e sites como OLX e Mercado Livre. Cada ave seria vendida por R$ 1,5 mil a R$ 2,5 mil.

O acusado passou por audiência de custódia e foi solto para responder ao crime em liberdade.

A polícia está em busca dos receptadores dos outros 39 animais.

Ainda de acordo com a SSP, os policiais também identificaram outro suspeito, que seria o responsável pela comercialização dos animais em sites de vendas e redes sociais. As operações estão em andamento para prendê-lo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo