Bolsonaro nomeia André Mendonça na Justiça e Alexandre Ramagem na PF

Por Metro World News com Estadão Conteúdo

O Diário Oficial da União desta terça-feira (28) traz a nomeação de André Mendonça, que ocupava a chefia da AGU (Advocacia-Geral da União), como ministro da Justiça e Segurança Pública. O cargo estava vago desde a sexta-feira (24), quando Sergio Moro pediu demissão e acusou o presidente Jair Bolsonaro de ingerência na Polícia Federal.

Veja também:
Isolamento contribui para alta de preço de alimentos
Mais brasileiros têm fator de risco para covid-19

O novo ministro é pós-graduado em direito pela UnB (Universidade de Brasília) e atua como pastor na Igreja Presbiteriana Esperança, no Distrito Federal. Antes de assumir o comando da AGU, Mendonça foi como corregedor-geral do órgão, entre 2016 e 2018. Seu substituto no órgão é José Levi Mello do Amaral Júnior, que atuava como procurador-geral da Fazenda Nacional.

A mesma edição do Diário Oficial traz a nomeação do delegado Alexandre Ramagem, que era chefe da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), como diretor-geral da Polícia Federal, em substituição a Maurício Valeixo. Em 2018, durante a campanha eleitoral, ele trabalhou como segurança do então candidato Jair Bolsonaro, e acabou criando uma amizade com a família.

Diário Oficial da União - Terça 28/04/20 Reprodução
Loading...
Revisa el siguiente artículo