Com pandemia, Justiça manda Inep adequar calendário do Enem 2020

Por Metro World News com BandNews FM

A Justiça Federal de São Paulo determinou a alteração do cronograma de inscrições da edição do Enem 2020 em razão da pandemia de coronavírus. A decisão destaca que prazo de solicitação de isenção da taxa de inscrição, que terminaria nesta sexta-feira (17), seja adiado por pelo menos 15 dias. A prova está marcada para os dias 11 e 18 de outubro.

A liminar é assinada pela juíza Marisa Claudia Gonçalves Cucio, da 12ª Vara Cível. Na decisão provisória, ela acolhe pedido da Defensoria Pública da União, solicitando que o calendário de prova seja adequado à realidade do ano letivo, que está suspenso em muitos locais por políticas de isolamento.

Veja também:
Ventilador pulmonar de baixo custo é desenvolvido em Oxford
Mortes por covid-19 chegam a 928 e SP tem pior semana desde fevereiro

Agora, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), responsável pelo cronograma do Enem, deve ser notificado para que suspenda o prazo e elabore novo cronograma. Em entrevista à TV Brasil, o presidente do instituto afirmou que o direito de isenção será garantido.

Já em transmissão ao vivo nas redes sociais na noite de sexta, o ministro da Educação, Abraham Weintraub afirmou que a realização da versão impressa do Enem deste ano está garantida nas datas previstas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo