Carreata pede fim da quarentena em São Paulo

Por Metro World News

Em carros e motos, um grupo de manifestantes saiu em carreata na tarde deste sábado (18) pedindo a reabertura dos comércios em São Paulo. A manifestação passou por avenidas como Rebouças e Paulista.

Os manifestantes se declararam contra as ações do governador João Doria (PSDB) de combate à pandemia de coronavírus – cujo estado concentra o maior número de casos e mortes no país. Na sexta-feira (7), o político anunciou que os comércios não essenciais deverão seguir fechados até o dia 10 de maio.

Veja também:
Previsão do tempo: São Paulo tem domingo com sensação de frio
Coronavírus: Brasil chega a 2.352 mortes e 36.599 casos confirmados

O grupo seguiu dentro dos veículos, guiados por um carro de som, por boa parte do trajeto. Já nos pontos de concentração iniciais e finais, muitos deixaram os veículos, causando aglomeração. A maioria não usava máscaras.

Além de pedir o fim da quarentena, o ato contava com diversas bandeiras do Brasil, faixas em defesa da operação Lava-Jato e até até algumas pedindo por uma nova intervenção militar. O presidente Jair Bolsonaro, que também pede a reabertura dos comércios e um modelo de isolamento vertical, foi homenageado pelos presentes.

Em nota, o Governo de São Paulo afirmou que "defende o direito à livre manifestação, mas lamenta que ela seja a favor de uma pandemia que já matou, até o momento, 991 pessoas no estado."

Loading...
Revisa el siguiente artículo