'Sessenta dias tendo que medir palavras; já chega', diz Mandetta sobre ministério

Por Metro World News

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou, em entrevista à Revista Veja, que vai sair da pasta assim que o governo encontrar outra pessoa para assumir o cargo.

Veja também:
Justiça suspende exigência de CPF regular para auxílio emergencial
Isolamento mínimo para conter coronavírus no país é de 40%, diz pesquisa

Após semanas de discordância com o presidente Jair Bolsonaro, Mandetta afirmou que não tem mais condições de permanecer no governo. "São 60 dias nessa batalha. Isso cansa. Sessenta dias tendo de medir palavras", disse.

"Você conversa hoje, a pessoa entende, diz que concorda, depois muda de ideia e fala tudo diferente. Você vai, conversa, parece que está tudo acertado e, em seguida, o camarada muda o discurso de novo. Já chega, né? Já ajudamos bastante."

Na manhã desta quinta-feira (16), Bolsonaro se reuniu com o oncologista Nelson Teich, cotado para substituir Mandetta. Também participaram da reunião no Palácio do Planalto Luiz Eduardo Ramos, ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República e o general Braga Netto, ministro-chefe da Casa Civil.

Loading...
Revisa el siguiente artículo