Suspeito de matar mulher e esconder corpo em mala é preso em São Paulo

Homem confessou o crime cometido no bairro do Itaim Paulista, na zona leste da capital

Por Band.com.br e 1º Jornal

Depois de investigações, a Polícia Militar de São Paulo prendeu na noite desta terça-feira (14), o homem suspeito de matar uma mulher e colocar o corpo em uma mala. Identificado como Roberivaldo Diniz, de 38 anos, o detido não alegou nenhum motivo para tirar a vida da mulher.

O repórter Maicon Mendes conversou com os policiais que efetuaram a prisão do homem. Em entrevista no 1º Jornal, o soldado Reinaldo e o tenente Menezes deram alguns detalhes sobre o crime.

De acordo com eles, ao localizar e abordar o suspeito ele acabou confessando que após tirar a vida da mulher ele ainda foi até um bar e consumiu bebida alcóolica e dormiu ao lado do corpo e só no dia seguinte ele colocou o corpo dentro da mala e deixou no local onde o objeto foi localizado, no bairro do Itaim Paulista, na zona leste da capital.

A mulher foi identificada como Rosimeire Gomes da Silva, 34 anos, e era diarista na região, de acordo com informações da Polícia Militar.

Veja também:
São Paulo recomenda mudança no horário de abertura de comércios essenciais
Farmácias e drogarias de São Paulo passam a oferecer a vacina contra a gripe

O caso

Imagens de câmera de segurança mostram um homem atravessando a rua com a mala nas mãos. Ele deixa a bagagem na calçada, troca de blusa e caminha naturalmente. Pela manhã, um morador de rua achou a mala abandonada. Ele chamou o responsável pela quadra, que decidiu acionar a polícia.

Quando os policiais chegaram e abriram a mala, descobriram o corpo da mulher. O corpo estava parcialmente vestido, com um saco preto na cabeça e marcas de sangue na região da nuca. Dentro da mala, havia ainda algumas peças de roupas masculinas, um chinelo e dois travesseiros, um deles sujo de sangue.

Assista ao vídeo:

Loading...
Revisa el siguiente artículo