Equipe de Mandetta teme demissão 'nas próximas horas ou dias', diz colunista

Por BandNews FM

A equipe do ministro Luiz Henrique Mandetta, da Saúde, acredita que o presidente Jair Bolsonaro pode demiti-lo até pelo Twitter nas próximas horas e já limpa as gavetas para sair da pasta junto com o chefe. A informação é da colunista da rádio BandNews FM Mônica Bergamo.

Um dos principais auxiliares de Mandetta, o secretário de vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, enviou carta aos funcionários de sua área afirmando que "a gestão de Mandetta acabou e preciso me preparar para sair junto". Oliveira, que anunciou sua demissão no fim da manhã desta quarta-feira (15), afirmou ainda que "só Deus para entender o que querem fazer".

Veja também:
São Paulo recomenda mudança no horário de abertura de comércios essenciais
Farmácias e drogarias de São Paulo passam a oferecer a vacina contra a gripe

"Finalmente chegou o momento de despedida", diz ele na carta. "Ontem (terça, 14) tive reunião com o ministro e sua saída está programada para as próximas horas ou dias. Infelizmente não temos como precisar o momento exato. Pode ser um anúncio respeitoso diretamente para ele ou pode ser um Twitter".

Outros integrantes do primeiro escalão da Saúde já comunicaram que saem junto com o ministro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo