Coronavírus: governo vai testar em pacientes remédio 'eficaz, barato e sem efeitos colaterais'

Por Metro World News

O governo federal irá realizar testes clínicos com um novo remédio possivelmente eficaz contra o coronavírus Sars-Cov-2. Em ensaios laboratoriais, a substância reduziu a carga viral em até 94%.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (15), durante coletiva com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. O nome do medicamento não foi revelado, para evitar a procura em farmácias antes do estudo ser concluído.

Veja também:
Ministério da Saúde: secretário de Vigilância em Saúde pede demissão
Justiça de SP suspende liminar que obrigava fornecimento de merenda

Os testes clínicos serão realizados em 500 pacientes com covid-19, internados em sete hospitais brasileiros. O tratamento terá 14 dias de duração, sendo cinco de medicação e os outros nove de observação. A expectativa é que os testes sejam realizados nas próximas quatro semanas.

Segundo Pontes, a substância tem uma ação eficaz na redução da carga viral similar à cloroquina, mas sem efeitos colaterais. Outra vantagem é o baixo custo do medicamento, que já é amplamente distribuído no território nacional.

"Temos boas perspectivas que os resultados dessa pesquisa possam ser positivos e assim poderemos ajudar não só o Brasil, como outros países no combate à covid-19", disse o ministro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo