Justiça autoriza prisão domiciliar do ex-médico Roger Abdelmassih

Por Band News FM

A 1ª Vara das Execuções Criminais de Taubaté, no interior de São Paulo, autoriza a prisão domiciliar para o ex-médico Roger Abdelmassih.

Detido na Penitenciária de Tremembé, ele vai deixar a cadeia por causa da pandemia do coronavírus e por estar no grupo de risco, já que tem 76 anos.

Abdelmassih foi condenado a 173 anos de prisão por abusar sexualmente de pacientes e não será monitorado por tornozeleira eletrônica.

“Diante da insuficiência de equipamentos disponíveis pela Administração Penitenciária, fica dispensada a utilização de tornozeleiras eletrônica”, diz a decisão.

Loading...
Revisa el siguiente artículo