Senador Sanders sai da campanha à presidência e abre caminho para Joe Biden nos EUA

Por Metro World News

O senador Bernie Sanders anunciou ontem o encerramento de sua campanha eleitoral pela indicação do Partido Democrata à presidência. “Eu queria poder dar melhores notícias, mas sei que vocês sabem a verdade. Mesmo que tenhamos apoio de tantas pessoas, eu conclui que a nossa campanha não teria sucesso ao fim. Essa é uma decisão difícil e dolorosa”, disse Sanders durante o pronunciamento, destacando que “se eu achasse que nós tivéssemos chance, eu continuaria, mas isso não é possível”.

Durante sua fala, o senador afirmou que apoiará a nomeação de seu rival na disputa, o ex-vice-presidente Joe Biden, e que se unirá a ele para derrotar o atual mandatário, Donald Trump: “Hoje eu parabenizo Joe  Biden e eu vou trabalhar com ele para a vitória. Biden vai ser nomeado, mesmo com as demais primárias sendo realizadas. Então, juntos,  nós vamos lutar para derrotar Donald Trump, o mais perigoso presidente da história moderna dos EUA”.

Sanders começou a campanha eleitoral vencendo uma série de primárias democratas. Por conta disso, o establishment do partido resolveu entrar em cena no início de março para indicar um nome considerado mais “moderado” para a disputa, apoiando em massa o ex-vice-presidente.

Essa atuação mostrou-se decisiva para a corrida eleitoral interna, com Biden começando a acumular uma série de vitórias em estados considerados “chave” e abrindo vantagem na quantidade de delegados necessários para a indicação.

Loading...
Revisa el siguiente artículo