Trabalhadores de áreas essenciais terão direito a creches especiais em São Paulo

Por Metro com Agência Brasil

A Secretaria Municipal de Educação de São Paulo abriu vagas em creches para atender os filhos dos trabalhadores de serviços ligados ao enfrentamento da pandemia de coronavírus.

Funcionários da saúde, segurança, assistência social e serviço funerário podem ser beneficiados pelo serviço, com crianças até 3 anos obrigatoriamente matriculadas na rede municipal de ensino.

Veja também:
SP vai distribuir leite para 21 mil idosos por 60 dias
Estudo britânico identifica a tontura como sintoma possível da covid-19

Inicialmente, vão funcionar seis unidade para esse atendimento especial: em Pirituba (zona norte), Brasilândia (zona norte), Vila Matilde (zona leste), Tatuapé (zona leste), Campo Limpo (zona sul) e Santo Amaro (zona sul).

As inscrições podem ser feitas até esta quarta-feira (1º) pela página da Secretaria de Educação.

Loading...
Revisa el siguiente artículo