Acusado de atropelar e matar criança em borracharia cumpre prisão preventiva

Por Metro World News

A Justiça decretou prisão preventiva ao homem acusado de atropelar e matar um menino de quatro anos na porta de uma borracharia no dia 13 de janeiro. William Volpe, de 26 anos, cumpria prisão temporária no 2º DP (Bom Retiro). Com a preventiva, deve ser transferido para um CDP (Centro de Detenção Provisória).

Kaíque Pietro Ferreira da Silva participava de uma festa de aniversário no local e estava na calçada quando o carro atingiu ele e mais duas pessoas – uma menina de três anos, que foi internada em estado grave, e a tia do menino, que não ficou ferida.

O garoto morreu na hora e o motorista fugiu sem prestar socorro. Volpe se apresentou à polícia poucos dias após o acidente. Ele tem passagens por roubo e porte ilegal de arma, respondia pelos crimes em liberdade e não poderia estar fora de casa depois das 22h. Segundo a polícia, o suspeito também não tinha carteira de habilitação.

Veja também:
Deputados abrem boletim de ocorrência contra Cid Gomes; político segue internado
Evento gratuito em SP discutirá os desafios das mulheres na tecnologia

Loading...
Revisa el siguiente artículo