Pesquisa pede que estadunidenses localizem Irã no mapa – respostas surpreendem

Por Metro World News

A tensão entre os governos do Estados Unidos e do Irã deixou não apenas cidadãos de ambos países em alerta, mas também o restante do mundo.

Se no Brasil houve quem previsse uma improvável Terceira Guerra Mundial, nos Estados Unidos, o terror foi ainda maior. O medo de uma retaliação iraniana após o assassinado do general Qassem Soleimani, ordenado por Donald Trump, foi expresso nas redes sociais nos dias após o ataque.

O país norte-americano tem longo histórico de atuação no Oriente Médio, e interveio na guerra entre Irã e Iraque anteriormente. A quebra de um acordo nuclear com o Irã foi estopim para a escalada de violência entre os dois governos. O país persa não é, portanto, tão desconhecido dos americanos.

No entanto, uma empresa de tecnologia em pesquisa resolveu por à prova o quanto cidadãos dos EUA conhecem o Irã. A Morning Consult conduziu um levantamento de respostas à simples proposta: localizar o território dos persas num mapa global.

As respostas estão expressas abaixo; cada ponto em amarelo representa uma resposta, e os pontos em verde identificam as respostas corretas – ou seja, quem indicou um ponto do mapa que realmente se encontra em território iraniano.

Mapa-mundi com respostas sobre a localização do Irã Reprodução/Morning Consult

Ao fim da pesquisa, apenas 23% dos norte-americanos que participaram sabiam localizar corretamente o Irã no mapa-mundi. Boa parte dos perguntados erraram mesmo o continente, e alguns até localizam-no dentro do Brasil.

"O experimento mostra a falta de familiaridade geográfica com países estrangeiros, mesmo aqueles com os quais os Estados Unidos mantém conflito", conta o texto de divulgação da Morning Consult.

A parcela de mulheres que acertaram a localização foi de 20%, e homens foram quase o dobro, em 38%. Pessoas com ensino superior completo e de maior renda também acertaram mais.

Ao todo, foram 1.995 entrevistados entre os dias 4 e 5 de janeiro. A pesquisa também procurou saber quanto os estadunidenses sabiam sobre o ataque ao general Soleimani, se o apoiavam, entre outras perguntas relacionadas.

Confira os resultados completos no site da Morning Consult.

Loading...
Revisa el siguiente artículo