Desembargador determina retirada do especial de Natal do Porta dos Fundos

Por Metro World News

O desembargador Benedicto Abicair, da Justiça do Rio de Janeiro, determinou nesta quarta-feira (8) que o especial de Natal produzido pelo Porta dos Fundos seja retirado do ar. "A Primeira Tentação de Cristo", longa-metragem disponível na Netflix, retrata uma história alternativa para a vida de Jesus Cristo. Na ficção, o filho de Deus é retratado como um homem gay.

VEJA TAMBÉM:
Lázaro Ramos pode interpretar Jesus pela Mangueira no Carnaval carioca
Anglo oferece curso pré-vestibular gratuito para jovens de baixa renda

A decisão foi tomada, segundo Abicair, para "acalmar ânimos". "As consequências da divulgação e exibição da 'produção artística' são mais graves e passíveis de provocar danos mais graves e irreparáveis do que sua suspenção (sic), até porque o Natal de 2019 já foi comemorado por todos".

O especial causou ultraje à comunidade católica, que imediatamente pediu que fosse retirado do ar. Congressistas chegaram a pedir pela instauração de uma CPI para investigar a produtora carioca.

A ação que requeriu retirada do especial do ar foi movida pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, e chegou a ser negada em primeira instância por outro desembargador.

Benedicto Abicair, que deferiu o pedido, diz acreditar que a suspensão do episódio seja "benéfica e adequada" para a sociedade brasileira, "majoritariamente cristã".

Na véspera do Natal de 2019, um ataque atingiu a produtora Porta dos Fundos em sua sede no Rio de Janeiro. Homens jogaram coquetéis molotov no prédio, onde estava um porteiro. Posteriormente, um grupo autodeclarado integralista assumiu o ataque.

Até o momento, um deles foi identificado e se encontra foragido da polícia. Eduardo Fauzi era, até poucos dias, membro da Frente Integralista Brasileira e do PSL carioca. Seu nome entrou para a lista de procurados da Interpol.

O desembargador mencionou o ataque em sua decisão, afirmando que este não teve "consequências irreversíveis e desdobramentos inimagináveis". O porteiro que trabalhava na sede da produtora não foi ferido.

Loading...
Revisa el siguiente artículo