Foco

Grafite mostra ‘rios escondidos’ em São Paulo

Para colorir e trazer mais arte para o centro da capital paulista, o artista visual Zezão –conhecido por ocupar galerias subterrâneas com sua arte– está pintando um grafite com cerca de 800 m² na região do Minhocão, e ele deve ficar pronto ainda hoje. A pintura,  que começou há cinco dias, toma conta de uma empena –fachada sem janelas– com área de 65 metros de altura por oito de largura, em um prédio de 18 andares na rua General Jardim.

No fundo, foi retratado um “rio vertical”, se referindo às águas escondidas na capital. Em cima, Zezão deixou sua marca pessoal com a palavra “vício” desenhada que, segundo ele, representa uma vontade de sempre fazer mais e nunca parar.

“Quis representar a questão da água, ainda mais com o córrego Anhanguera aqui na região, tem sentido para mim, muita coisa conectada”, explica o artista, que tem costume de pintar sobre temas socioambientais. “No centro ainda, onde tantas pessoas passam todos os dias… É bom para que todos tenham acesso.”

A pintura toda azul ainda tem um destaque: será o primeiro painel iluminado. Com a ideia do produtor Pagú, a parte de dentro foi pintada com uma tinta que brilha à noite, quando entra contato com luz. Mas essa parte só deve ficar pronta na próxima semana.   

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos