Foco

Polícia suspeita que jogador Ralf dirigia carro no momento do acidente

A polícia suspeita que Ralf estava dirigindo o carro que atropelou um homem de 68 anos, no bairro de Água Rasa, zona leste, na noite de sexta-feira (11). Testemunhas apresentaram duas versões à polícia: a primeira de que o jogador do Corinthians estava no volante e a segunda de que era outra pessoa que dirigia o veículo.

Quatro pessoas estavam no carro: Ralf, o irmão, o pai e um segurança. Segundo o boletim de ocorrência, eles estariam fugindo de uma moto quando atingiram um ponto de ônibus, atropelaram o homem e bateram em dois portões de uma casa. Para a polícia, o segurança de 44 anos se apresentou como o motorista do carro.

Veja também:
Posto de cadastramento biométrico é inaugurado na estação Anhangabaú do Metrô
Aumenta para 50 os mortos no Japão pelo tufão Hagibis; 14 estão desaparecidos

Ralf prestou depoimento no sábado, confirmou aos investigadores que o segurança estava dirigindo o veículo e negou que o motorista estava alcoolizado. As testemunhas foram unânimes em dizer que tanto o segurança quanto Ralf apresentavam sinais de estarem bêbados.

O caso foi registrado como lesão corporal culposa, embriaguez ao volante e fuga do local do acidente. As investigações continuam. A vítima, Alicio Castro da Maleira, teve fraturas e luxação na mão direita e politraumatismo, ele continua internado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos