Foco

Golpistas se passavam por bancários para dar golpe do cartão de crédito

Um ajudante geral e um motorista de 21 e 30 anos fingiam ser funcionário de bancos e de operadoras de cartão de crédito para aplicar golpe em correntistas em Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Eles ligavam para as vítimas e diziam que seus cartões haviam sido clonados e que os ladrões tinham feito compras em seus nomes e requisitava dados e a senha para poder bloquear os cartões. Uma das vítimas, um senhor já idoso,  disse que o golpista chegou a passar na sua casa para pegar o cartão, após conversarem por telefone, e fez saques, compras e empréstimos em seu nome.

Os dois foram presos na última quinta-feira à noite. Com eles foram apreendidos cinco cartões, demonstrativos bancários, documentos, máquinas para fazer transações bancárias e bobinas de papel, celulares e comprovantes de pagamento com o nome das vítimas no valor de R$ 15,6 mil.

Eles foram presos por estelionato, associação criminosa, dano qualificado e resistência à prisão.

 

 

 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos