logo

Em 2015, Robert Sharkley, 24 anos, entrou no apartamento de sua vizinha, Marie Conlons, 68 anos, na cidade de Belfast, Irlanda do Norte, e descobriu que ela estava morta, segundo site Belfast Live.

Ao invés de comunicar seu falecimento às autoridades, ele roubou seu cartão de banco e passou a fazer compras, pagar contas e, inclusive, comprar pizzas. Aliás, somente em pizzas ele gastou R$ 29 mil.

LEIA MAIS:
Bizarro: homem é flagrado fazendo sexo com boneca inflável em rodovia
VÍDEO: Homem aluga trio elétrico para comemorar divórcio

O corpo de Marie foi encontrado pela polícia em outubro do ano passado e Sharkley, preso. A polícia não teve dificuldade em encontrá-lo, já que ele pagava diversas despesas pessoais, água, luz e telefone com o cartão da falecida.

Perante o tribunal, Sharkley admitiu ter invadido a casa da vizinha, roubado ferramentas, seu cartão de banco e algum dinheiro vivo que ela tinha na carteira. Ele também vai responder por fraude, já que fazia compras com o cartão da morta, e por ocultação do cadáver.