Concurso de drag queens vai levar vencedora para desfilar na Parada LGBT de SP

Por Metro World News

Um concurso de drag queens na zona norte de São Paulo vai levar a vencedora para desfilar nos carros alegóricos oficiais da 22ª Parada do Orgulho LGBT. O Drag Contest está em sua 11ª edição e tem como objetivo valorizar a cultura drag queen, incentivando novos talentos e conscientizando o combate ao preconceito.

Leia mais:
Festival feminino em SP reúne mulheres de sucesso na música nacional
Reconstituição do assassinato de Marielle dura mais de 5 horas

Além do desfile na Parada LGBT, a drag vencedora vai receber um prêmio de R$ 1 mil. Quem ficar em segundo e terceiro lugar vai receber R$ 500 e R$ 300, respectivamente. As três finalistas se apresentarão na 18ª Feira Cultural LGBT, em São Paulo – que acontece no próximo dia 31.

O concurso terá participação de famosos, como as apresentadoras Ikaro kadoshi, Penelopy Jean e Rita Von Hunty (do reality show “Drag me As a Queen”, no Canal E!), a Miss Gay RJ 2011 Aretha Sadick e as youtubers Tchaka e Blue Queen (do canal online "Blue Entrevê"). Antes da competição, são oferecidos três workshops: Drag Queen Curso, Make Artística (Caracterização) e Stiletto. A curadoria do concurso fica por conta do artista plástico Claudinei Hidalgo.

"A cada ano o concurso ganha mais visibilidade devido ao seu formato. Desde o início, as oficinas e workshops preparatórios se tornaram um grande diferencial dentre tantos outros concursos, pois a cada ano procuramos trazer profissionais qualificados para que todos, tanto os candidatos quanto o público em geral, possam aprender mais sobre a cultura drag", diz o curador.

O 11º Drag Contest será realizado no Centro Cultural da Juventudo Ruth Cardoso, na Vila Nova Cachoeirinha, zona norte de São Paulo. Para o diretor geral do espaço, Eduardo Santana, o concurso é uma forma do CCJ se reafirmar como um ambiente que respeita a diversidade.

"A luta pela igualdade ainda está longe de terminar, e o meu papel como gestor cultural é o de construir políticas afirmativas de forma pactuada e colaborativa", explica Santana.

Para participar do concurso é preciso ter mais de 18 anos e ter feito pelo menos um dos 3 workshops, que começam nesta sexta-feira (11) e vão até o dia 19. A inscrição deve ser realizada durante um dos eventos. Para acessar o edital do concurso, basta clicar aqui.

Loading...
Revisa el siguiente artículo