Foco

Homem que atropelou pedestres em Londres é detido; caso não é tratado como terrorismo

Um homem foi detido após vários pedestres ficarem feridos em uma colisão com um carro perto do Museu de História Natural de Londres, e a polícia local disse que está tentando determinar as circunstâncias do incidente.

A mídia britânica informou que um carro atingiu vários turistas em uma calçada perto do museu, dentre os diversos localizados em South Kensington, na zona oeste de Londres.

Leia mais:
Em Londres, carro atropela pedestres próximo ao Museu de História Natural

“Um veículo colidiu com pedestres perto da entrada principal do Museu de História Natural, na Exhibition Road”, afirmou o museu, um dos mais populares do país, em um comunicado.

“Estamos trabalhando para que os serviços de emergência possam acessar o local do incidente e estamos fazendo tudo o que podemos.”

A polícia descreveu o caso como uma colisão. “Os inquéritos para se entender as circunstâncias e o motivo ainda estão sendo feitos”, destacou a polícia.

Um porta-voz da polícia disse que membros da força contra-terrorista foram ao lugar do ocorrido, mas que ainda não há nenhuma conclusão a respeito. Mais cedo, um porta-voz disse à Reuters que o caso não estava sendo tratado como terrorismo.

A primeira-ministra, Theresa May, está sendo atualizada sobre o assunto, outro porta-voz disse, acrescentando que isso é um procedimento normal em tais circunstâncias.

Já o prefeito de Londres, Sadiq Khan, afirmou que estava em contato direto com a principal autoridade das forças contra-terroristas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos