Foco

Djokovic deixa o Top 4 do ranking após dez anos e Bellucci perde 14 posições

Na semana seguinte ao anúncio de que se afastou do circuito mundial do tênis para tratar de uma lesão no cotovelo direito, o sérvio Novak Djokovic deixou a relação dos quatro primeiro colocados do ranking da ATP na atualização desta segunda-feira da lista, algo que não ocorria há dez anos.

Djokovic agora é o número 5 do mundo, com 5.325 pontos, tendo sido ultrapassado pelo suíço Stan Wawrinka, que soma 5.780. A queda se deu porque o sérvio descartou os pontos relativos ao título da edição de 2016 do Masters 1000 canadense, que foi realizado em Toronto.

Afastado das quadras desde a sua eliminação nas quartas de final de Wimbledon, quando abandonou o seu duelo com o checo Tomas Berdych por causa de lesão, Djokovic já vinha cedendo terreno desde o fim de 2016, quando perdeu a condição de número 1 do mundo para o britânico Andy Murray. E sem boas campanhas nesta temporada, caiu para o quinto lugar, sua pior posição no ranking da ATP desde 25 de junho de 2007.

Assim, agora ele está mais distante de Murray, o líder do ranking com 7.750, seguido do espanhol Rafael Nadal, com 7.465, e dos suíços Roger Federer, terceiro, com 6.545, e de Wawrinka, o quarto, com 5.780. Já o croata Marin Cilic vem logo atrás do sérvio, em sexto lugar, seguido do austríaco Dominic Thiem.

Quem ascendeu na lista pelo descarte de pontos de rivais foi o alemão Alexander Zverev, agora o oitavo colocado. Ele subiu três posições, tendo ultrapassado o japonês Kei Nishikori, em nono, o canadense Milos Raonic, em décimo, e o búlgaro Grigor Dimitrov, o 11º.

O norte-americano John Isner subiu para o 18º lugar após ser campeão do Torneio de Atlanta. O italiano Fabio Fognini ascendeu para a 25ª posição depois de faturar a taça em Gstaad. Já o italiano Leonardo Mayer ganhou 89 postos e agora é o número 49 do mundo depois de levar o Torneio de Hamburgo.

Entre os brasileiros, Rogério Dutra Silva caiu uma posição, para o 64º lugar, após desistir de jogar em Hamburgo por causa de uma lesão. Thomaz Bellucci eliminado logo na estreia em Gstadd caiu 14 postos, para a 80ª colocação. Já Thiago Monteiro, que parou na segunda rodada do torneio suíço, atingiu a 110ª posição, subindo quatro posições.

DUPLAS – No ranking de duplistas, Marcelo Melo continua sendo o número 1 do mundo, com Bruno Soares figurando na sexta posição.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1.º – Andy Murray (GBR), 7.750 pontos
2.º – Rafael Nadal (ESP), 7.465
3.º – Roger Federer (SUI), 6.545
4.º – Stan Wawrinka (SUI), 5.780
5.º – Novak Djokovic (SER), 5.325
6.º – Marin Cilic (CRO), 5.155
7.º – Dominic Thiem (AUT), 4.065
8.º – Alexander Zverev (ALE), 3.150
9.º – Kei Nishikori (JAP), 3.140
10.º – Milos Raonic (CAN), 3.130
11.º – Grigor Dimitrov (BUL), 3.070
12.º – Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.805
13.º – David Goffin (BEL), 2.560
14.º – Tomas Berdych (RCH), 2.480
15.º – Pablo Carreño Busta (ESP), 2.350
16º – Roberto Bautista Agut (ESP), 2.335
17.º – Lucas Pouille (FRA), 2.255
18.º – John Isner (EUA), 2.250
19.º – Jack Sock (EUA), 2.200
20.º – Nick Kyrgios (AUS), 1.930
64.º – Rogério Dutra Silva (BRA), 733
80.º – Thomaz Bellucci (BRA), 637
110.º – Thiago Monteiro (BRA), 501
156.º – João Souza (BRA), 359

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos