Esporte

Sport perde, mas elimina Arsenal-ARG e enfrenta a Ponte Preta na Sul-Americana

O Sport é mais um clube brasileiro que avançou para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, no estádio Julio Grondona, em Sarandi, na Argentina, o time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo perdeu do Arsenal por 2 a 1, mas graças ao saldo de gols avançou à próxima fase.

Na ida, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, o clube pernambucano havia feito 2 a 0 e, por isso, conseguiu passar. Nas oitavas de final irá enfrentar a Ponte Preta, com o primeiro jogo em casa e o segundo em Campinas (SP). As datas e horários ainda serão divulgadas pela Conmebol.

O jogo começou bastante morno com o Sport mais recuado, esperando a saída do Arsenal para criar a oportunidade de contra-ataque. Somente aos 36 minutos o time de Vanderlei Luxemburgo conseguiu uma jogada mais ofensiva. Diego Souza encontrou Lenis em profundidade e o atacante ficou de frente para o gol. Na hora do chute, entretanto, pegou muito mal na bola e isolou.

Quando a partida já se encaminhava para o intervalo, veio o castigo para o clube brasileiro. Wilchez subiu pela direita e chutou colocado. Mesmo assim o goleiro Magrão espalmou para dentro da área e, após bate-rebate, Brunetta conseguiu um chute forte e balançou as redes.

Se estava ruim no primeiro tempo, ficou ainda pior no segundo para o Sport. O time pernambucano começou muito mal e foi pressionado pelo Arsenal. De tanto insistir, o clube argentino conseguiu ampliar. Aos 19 minutos, Fragapane chutou e Magrão defendeu. No rebote, Durval afastou mal e Contreras mergulhou para completar de cabeça para o gol.

Só quando a situação ficou ruim que o time brasileiro resolveu jogar. Com 25 minutos, Everton Felipe cruzou para Diego Souza e o meia dominou já chutando. O goleiro Santillo fez uma defesa milagrosa.

O Sport até conseguiu fazer um gol aos 35 minutos, mas que foi anulado. Thomás chutou de fora da área e Santillo deu rebote. André, em posição de impedimento, marcou, mas não pôde nem comemorar. Dois minutos depois, o artilheiro voltou a balançar as redes e desta vez valeu. Diego Souza avançou pela direita e cruzou para André só desviar para o fundo do gol e garantir a classificação.

O Arsenal ainda assustou com um chute de Brunetta na trave, aos 39 minutos, mas parou por aí. Confronto brasileiro à vista nas oitavas de final.

FICHA TÉCNICA

ARSENAL-ARG 2 x 1 SPORT

ARSENAL-ARG – Santillo; Sergio Velázquez (Ivan Bella), Curado, Monteseirín e Corvalán; Rolón (Contreras), Emiliano Papa, Milo (Franco Fragapane) e Wilchez; Ferreyra e Brunetta. Técnico: Humberto Grondona.

SPORT – Magrão; Samuel Xavier (Raul Prata), Durval, Henríquez e Mena; Patrick, Rithely, Diego Souza e Everton Felipe (Thomás); Lenis (Rogério) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS – Brunetta, aos 43 minutos do primeiro tempo; Contreras, aos 19, e André, aos 37 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Contreras, Curado, Emiliano Papa, Sergio Velázquez e Wilchez (Arsenal-ARG); Samuel Xavier (Sport).

ÁRBITRO – Jesús Valenzuela (Fifa/Venezuela).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Júlio Grondona, em Sarandí (Argentina).

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos