Foco

Moradores penduram faixa como desabafo por assaltos constantes em São Paulo

“Socorro! Não aguentamos mais ser assaltados», diz a faixa produzida por moradores da rua Girolamo Dei Libre, travessa da Avenida do Cursino, Zona Sul de São Paulo. A atitude foi uma forma de desabafo pelos constantes assaltos na região.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, moradores da rua disse que a bandidagem age livremente por lá e que todos estão com medo. A faixa foi pendurada bem no alto, para ficar mais fácil para todos que passarem pelo local lerem o desabafo.

Uma mulher contou à reportagem que é difícil encontrar alguém naquela rua que nunca foi assaltado na porta de casa. Outra mulher, que foi vítima dos bandidos, disse que a ação deles é aterrorizante. Segundo os moradores, os criminosos agem sempre em dupla e de moto. Um vizinho aproveitou a presença da reportagem para pedir socorro às autoridades.

Boletim de ocorrência

Procurada, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que agentes do 83º DP, delegacia que atende a área, fazem diligências diárias com viaturas descaracterizadas para coibir os crimes contra o patrimônio, em apoio ao patrulhamento realizado pela PM.

Segundo a SSP, nos quatro primeiros meses do ano, 55 pessoas foram presas em flagrante na região. O distrito policial registrou sete ocorrências na rua, que fica próxima ao zoológico de São Paulo, nos cinco primeiros meses do ano.

A polícia pede que as vítimas façam o boletim de ocorrência, pois é ele que possibilita a investigação do crime e o correto planejamento das rondas preventivas.

Em entrevista a José Luiz Datena durante o programa 90 Minutos, o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, garantiu que será “intensificado o patrulhamento” na região,  e a polícia irá “pegar as pessoas que estão praticando roubos”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos