Foco

Sindicato dos motoristas entra em acordo e cancela greve marcada para quarta

O sindicato dos motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo chegam a um acordo com as empresas depois de reunião no Tribunal Regional do Trabalho.

A categoria conseguiu um reajuste salarial de 4% e cancelou a greve prevista para quarta-feira na capital paulista.

Além do reajuste, foram garantidos aumento de 7,3% no ticket refeição, passando de R$ 20,50 para R$ 22,00.

Em relação ao subsídio do plano odontológico, o incremento foi de R$ 50%. O valor subiu de R$ 8 para R$ 12.

No convênio médico, o reajuste foi de 26,7%, subindo de R$ 75 para R$ 95. Os pagamentos serão feitos com data retroativa a 1º de maio, data-base da categoria.

Segundo o sindicato, a Prefeitura de São Paulo se comprometeu a manter os cobradores no sistema de transporte, apesar de o prefeito João Doria ter dito que o cargo seria extinto.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos