Foco

Nove pessoas são mortas em duas chacinas em São Paulo

A polícia investiga a ocorrência de mais duas chacinas neste ano em São Paulo, uma delas a 150 metros de uma base da Polícia Militar (PM). No fim da noite dessa terça-feira, seis homens morreram e outros três ficaram em um ataque a tiros ocorrido em um bar na Rua Antonio Sérgio de Matos, esquina com a Rua João Lucas Alves, no Jaçanã, zona norte da capital paulista.

Os disparos contra as pessoas que estavam dentro e fora do estabelecimento foram feitos por desconhecidos que chegaram em um carro e uma moto. Os mesmos homens que ocupavam o automóvel já haviam passado em frente ao bar procurando por uma das vítimas, que não estava no local.

Ao retornarem, em um maior número, os atiradores enfim encontraram o suposto verdadeiro alvo e acabaram atirando contra todos os presentes. Algumas das vítimas ainda correram para o banheiro, mas foram atingidas e também morreram.

Três dos baleados foram levados com vida para os hospitais São Luiz Gonzaga, Mandaqui e Geral de Guarulhos.

Já no início da madrugada, outras quatro pessoas que conversavam na Rua Professora Nina Stocco, no Campo Limpo, zona sul, foram baleadas por desconhecidos. Encaminhadas ao pronto-socorro do bairro, três delas morreram. O caso será investigado pela delegacia do Portal do Morumbi.

Já são três chacinas somente neste ano em São Paulo. A primeira ocorreu na madrugada de 11 de fevereiro, um sábado, quando três jovens foram mortos a tiros em um bar, na Avenida Bento de Sousa, no Parque Santa Edwiges, região do Jardim Ângela, zona sul.

Na ocasião, as vítimas se envolveram em um discussão com um dos frequentadores do bar, que sacou uma arma e passou a atirar. Os três jovens morreram no local.

O assassino, a exemplo dos atiradores dessa terça-feira, continua foragido.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos