Foco

Aluguel tem queda real de 9% em 2016

O preço médio do aluguel dos imóveis recuou 3,23% no ano passado, segundo o índice FipeZap. Como a inflação medida pelo IPCA atingiu 6,29%, o valor médio anunciado do metro quadrado apresentou queda real de 8,95%.

Trata-se do segundo ano seguido de redução nos preços de locação de imóveis. Em 2015, houve um recuo de 3,34%,  o primeiro resultado negativo em termos nominais da série histórica, iniciada em 2008. Como o IPCA subiu 10,67% naquele ano, a queda real foi de 12,66%.

Segundo o economista da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas)Bruno Oliva, os preços subiram muito nos anos anteriores e recuaram agora com a crise, que afetou tanto a oferta quanto a demanda por locação.

O pesquisador explica que o aumento do desemprego e a redução dos salários levaram a uma queda da demanda. Ao mesmo tempo, houve um aumento da oferta de imóveis para alugar. “Muitas pessoas se negam a vender o imóvel por um preço muito abaixo do que anunciaram. Com isso, acabam alugando a unidade para não pagar IPTU e condomínio, o que elevou a oferta para locação”, afirma.

Para o economista, a tendência é de que os preços de locação de imóveis continuem a apresentar queda real neste ano. “A economia segue rodando em falso, o que acaba impedindo uma recuperação dos preços”, afirma Oliva.

Isso significa que o cenário continua favorável para inquilinos negociarem o atual contrato ou mudarem para outro imóvel com aluguel mais barato. O IGP-M, usado para a maior parte dos contratos em andamento, fechou o ano passado com alta de 7,17%. “Temos um descasamento do mercado com a dinâmica do IGP-M”, diz o economista.

Já quem pretende comprar um imóvel para ter ganhos com aluguel deve avaliar o investimento. Segundo a Fipe, o retorno médio anualizado com locação foi de 4,4% em dezembro do ano passado, ante uma taxa de juros reais de 6,9%. 

aluguel

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos