Foco

Médico acusado de matar ex-namorada é preso novamente em Curitiba

O médico Raphael Suss Marques, apontado pela polícia como o assassino da fisiculturista Renata Muggiati em 2015, voltou a ser preso. Ele foi detido neste domingo (25), por volta das 15h, em Curitiba, por lesão corporal e ameaça contra uma ex-namorada.

A agressão, denunciada à Delegacia da Mulher, teria ocorrido na última sexta-feira (23), quando ele teria dado um tapa no peito da mulher e ainda dito que iria “arrebentá-la”.

O caso foi registrado na Polícia Civil no mesmo dia e neste domingo houve o cumprimento do mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.

Suss Marques foi encaminhado ao Complexo Médico-Penal em Pinhais, região metropolitana de Curitiba. A reportagem ainda não conseguiu contato com a defesa do médico.

Acusado de matar fisioculturista

Raphael responde pela acusação de asfixiar Renata Miggiati e jogar o corpo do 31º andar de um prédio no centro de Curitiba em setembro de 2015.

Segundo depoimentos dados pelo próprio médico, apenas ele e a namorada estavam no apartamento quando ela caiu do 31º andar do prédio em que morava.

Ele também é acusado de manipular medicamentos controlados para tratar uma suposta depressão da fisiculturista, mesmo não tendo registro de especialista. Segundo a defesa de Suss Marques, Renata se matou porque estava com depressão.

Em janeiro deste ano, ele teve prisão preventiva decretada. Na época, um primeiro exame do Instituto Médico-Legal(IML)indicou que Renata foi asfixiada antes da queda do alto do prédio. Depois, uma segunda análise mostrava ela não tinha sido asfixiada e Raphael foi solto.

Investigações foram abertas pelo Ministério Público e pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná para descobrir o motivo de dois resultados de laudos do IML saírem com resultados opostos e a Jutiça pediu a exumação do corpo da fisioculturista para uma terceira análise.

Foi comprovado que Renata Muggiati foi morta antes de ser jogada do prédio. Testemunhas foram ouvidas em agosto, mas ainda não foi definido quando será o julgamento de Raphael.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos