Foco

Estado Islâmico mata cinco em instalações de energia iraquianas

Militantes do Estado Islâmico invadiram ontem duas instalações de energia no norte do Iraque, matando pelo menos cinco trabalhadores e fechando uma importante estação de bombeamento de petróleo. O primeiro ataque, na estação de compressão de gás AB2, cerca de 15 km a noroeste de Kirkuk, começou por volta de 3h de ontem (21h de sábado em Brasília), quando quatro homens armados com granadas de mão invadiram por uma porta externa em um ataque que deixou dois guardas em estado crítico.

Eles, então, mataram a tiros quatro funcionários em uma sala de controle interna e colocaram explosivos, dos quais cerca de cinco dispararam. Forças do serviço de elite contraterrorismo invadiram as instalações, recuperaram o controle e libertaram outros 15 funcionários que estavam escondidos em uma sala separada.

Fontes de segurança disseram acreditar que os atacantes escaparam para a estação de petróleo Bai Hassan, 25 km mais a noroeste.

Lá eles lançaram um ataque similar, com um deles detonando seu colete com explosivo para permitir que os outros entrassem. Uma vez dentro da instalação, mais dois detonaram seus coletes explosivos, destruindo um tanque de armazenamento de óleo.

O quarto assaltante foi morto em confrontos com as forças de segurança. Um engenheiro de petróleo também foi morto e seis policiais ficaram feridos, disseram fontes de segurança.

A agência de notícias “Amaq”, que apoia o EI, disse em uma mensagem distribuída on-line que combatentes a instalação de Bai Hassan, mas não fez nenhuma menção do ataque anterior. 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos